loading gif
Loading...

Sinopse

Susana Macaya, filha de pai cigano mas educada fora da comunidade, desaparece depois da sua despedida de solteira. O corpo é encontrado dois dias depois na Quinta de Vista Alegre no bairro madrileno de Carabanchel. Poderia ser mais um homicídio, não fosse o facto de a vítima ter sido torturada na sequência de um ritual inusitado e atroz e de a sua irmã, Lara, ter sofrido o mesmo destino sete anos antes, também na véspera do casamento. O assassino de Lara cumpre pena desde então, pelo que há apenas duas possibilidades: ou alguém imitou os seus métodos para matar a irmã ou há um inocente encarcerado.

Investigar uma pessoa implica conhecê-la, descobrir os seus segredos e contradições, a sua história. No caso de Lara e Susana, a detective Elena Blanco deve olhar para a vida de alguns ciganos que renunciaram aos seus costumes para se integrarem na sociedade, e de outros que não lhes perdoam, e levantar cada véu para descobrir quem poderia vingar-se com tanta crueldade de ambas as noivas ciganas.

Extras

«A Elena Ferrante espanhola? Uma estrutura sólida e o argumento de um clássico policial, mas que, ao mesmo tempo, quebra várias convenções.» Juan Carlos Galindo, El País

«Todos caem rendidos (quem começa não desiste) ante a força e intensidade de uma história que está à altura do melhor noir de Pierre Lemaître, partilha elementos com Sandrone Dazieri e tem como protagonista uma (sim, é uma mulher) detective das que perduram no tempo (e aparecem nas séries).» Inés Martín, ABC

«Cru, arriscado, actual: Mola é fora do comum.» Gorka Rojo, Zenda Books

«O romance policial ou sofre mutações ou torna-se egocêntrico. Carmen Mola, a escritora mutante. A pior coisa sobre ela é não poder ser convidada para um festival.» Carlos Zanón, escritor e crítico literário

«Desde a primeira página, Carmen Mola, seja ela quem for, mostra que tem voz própria, e isto, no género policial e fora dele, já é muito, talvez metade de tudo. Ou

«O pseudónimo é uma máscara como qualquer outra e quem se esconde por trás dele tem os seus motivos. [...] Homem ou mulher, não importa. A competência de seus romances está comprovada. E o impacto de não ter rosto também.» Antonio Lucas, El Mundo

Comentários


Ainda não existem comentários para este livro.

Avaliações

Diana Barreira avaliou com .

Favoritos

Diana Barreira adicionou aos favoritos

Voltar

Área de utilizador

Top 10 de vendas

Novidades

Faça o login na sua conta do Portal